FZD Apresenta: 7 games “ótimos” pra aproveitar um Dia dos Namoradores Forever Alone

Bem-vindo ao especial do Dia da Fodelança dos Namorados do Fliperama do Zé Doido. Fala sério, meu caro leitor solteirão e minha cara leitora encalhada: você passará todo esse glande grande dia jogando videogame, matando internautas viciados no Calofdãti com tiros nos meios dos bagos, bolando estratégias furadas mirabolantes no World of Warcraft e tentando inutilmente platinar o Final Fantasy XIII!!! Ou seja, será o Dia dos Namorados mais sacana romântico da sua vida. PARABÉNS, SEU FOREVER ALONE ANTISSOCIAL!

Provando que o Dia dos Fornicadores dos Namorados nada mais é do que uma pressão social forjada pelas forças reacionárias e repressivas da crasse dominante e que é impulsionado pelos instintos mais capitalistas da cruel indústria dos bichinhos de pelúcia e de camisinhas (afinal, elas escravizam sem dó as criacinhas chinesas e os acrianos!), o Fliperama do Zé Doido mostra que é o primeiro e único blog de games de extrema esquerda da Internet e conclama: FOREVER ALONES DO MUNDO TODO, UNI-VOS! Vamos fazer a revolução! E preparem-se, casais melados melosos: clitóris cabeças vão rolar!

Escolhemos aqui os 5 games mais foderosos incríveis de putaria amor romântico e mais duas menções difamatosas para você se masturbar até dizer chega se divertir a valer nessa data tão sodomita festiva.

FELIZ DIA DOS NAMORADORES COM MUITA VASELINA: ESSES SÃO AS FODAS OS VOTOS DO FLIPERAMA DO ZÉ DOIDO PRA VOCÊ!

Preliminar 1 (língua na orelha): Custer’s Revenge (Mystique, softhouse especialista em foda esotérica sexo tântrico- apenas para Atari, QUE PENA!)

Sim, você jogou esse crássico incontestável do Atari, que vinha naqueles cartuchos que juntavam uns mil jogos e dos quais quinhentos não funcionavam direito. Aliás, você até achava engraçado quando o caubói peladão de pinto de fora de roupas bege com uma adaga na cintura ia deflorar salvar a coitada da indiazinha amarrada num poste do outro lado do deserto.

Pois bem, esse game do Atari era praticamente um simulador de estupros avant la lettre. Um game de sacanagem paixão, sem violações genitais cometidas por tentáculos pegajosos, e ainda por cima feito fora do Japão e sem uniformes de marinheiro de colegiais? UAU, EU ESCUTEI A AGULHA CAINDO DO OUTRO LADO DA SALA!!! Só por isso já podemos colocar o jogo do general Custer nessa lista.

Pois bem, controlando o militar George Custer, grande estuprador amigo dos índios norte-americanos, seu objetivo é atravessar o deserto cheio de cactos em forma de 4 e duma perene chuva de canivetes e, uma vez briguelado junto com a indiazinha amarrada no poste, apertando o único botão do Atari, dar uns fincão confraternizar com a silvícola corcunda e marcar o maior score possível.

Porém, as coisas não são tão fáceis assim: tente ao máximo desviar dos canivetes que caem do céu, pois eles fazem com que seu pinto caia você perca uma vida. Caramba, uma chuva castradora? Especialistas em sexologia contatados pela reportagem (são aqueles viciados em Leisure Suit Larry que jogam com uma mão no teclado e a outra NO MOUSE!) alegaram que chuvas ácidas em geral atrapalham os namoros, pois fazem com que as partes pudendas ardam em chamas o clima romântico se perca.

Mas nem isso faz com que Custer’s Revenge deixe de ser um crássico da libertinagem eletrônica! O Maníaco do Parque deve ter platinado!

Preliminar 2 (mão boba naquilo)- X-Man (Spectrovision, uma softhouse tão espectral que ninguém jamais a conheceu- também um crássico exclusivo do Atari, mas não espere nada de sexo mutante, por favor!)

Com vocês, o famoso Xis-Méin, um jogo atariano e quadrado que conseguia ter mais trepação emoção do que um certo gibizinho estrelado por uns certos mutantes aí.

Lógico que muita gente pensou que se tratava duma adaptação dos quadrinhos da Marvel e não atentou pro trocadalho do carilho que fizeram com o código X, utilizado nos EUA para nomear os filmes pornô. Graças a isso, nos longínquos anos 80, somado às Playboys com musas como Betty Faria, Monique Evans e Therezinha Sodré, X-Man foi responsável por uma epidemai de desvirginamento de mãos e dedos pudicos que se alastrou por todo o mundo, da Nicarágua ao Timor Leste.

Controlando um pintudo priáprico bonequinho amarelo, você precisará percorrer os mais intrincados labirintos (roubados do Pac-Man! Sim, do lendário Mete-Mete Come-Come!) até chegar à saída e ganhar uma excelente recompensa: uma foda anal de quatro uma noite romântica, uma comida estilo frango assado uma declaração de amor ou um boquete poligonal uma confissão ardente aos ouvidos. A apresentação do game (SIM, É UM TÍTULO DO ATARI COM APRESENTAÇÃO!!!) já mostra que a noite será divertida.

Porém, as coisas não são tão fáceis assim: ao longo do labirinto, terríveis ameaças virão para triturar seu caralho te perseguir: prepare-se para caranguejos que beliscam o saco, tesoura que cortam o pau no meio e dentaduras loucas pra te capar! Sim, achava que a vida era fácil, que era só meter o dedo e morder os peitos levar pra jantar e dar uns chocolates de presente: POBRE VIRJÃO MORTAL!

Em se considerando as dimensões quadradas da linguiça e da peludinha dos genitais dos dois personagens, X-Man foi responsável pelo fuck crash do mercado de lubrificantes nos anos 80, acarretando guerras civis na África, conflitos entre Israel e Palestina e o fim da Embrafoda Embrafilme no Brasil. Depois dele, os gamers solitários ficaram só na bronha e siririca chupando o dedo. O dedo, viu, e não outra parte anatômica!

Preliminar 3 (dedinho e língua trabalhando agilmente)- Gigolo (Mystique, provando que era a única softhouse onde as coisas eram animadas nos cubículos dos programadores- mais uma vez o Atari, o videogame em que só encaixar e jogar, mas fazendo carinho!)

Alguém aí sabe como funciona esse game? Nem nós! Seria ele um RPG mais safadinho, com visão por cima, um precursor do Zelda, na verdade um retcon mostrando a vida sexual da princesa, quando ela se prostituía pra pagar as contas do reino de Hyrule, antes de se tornar a fantasia das punhetas dos amores do elfo Link?

Pois bem, controle uma rapariga piranha metelona moça de vida social agitada andando por uma zona do baixo meretrício pacata vila de subúrbio, adentrando as casas da luz vermelha de família e nelas tendo alegres trepadas encontros com seus moradores. É isso e mais nada! O jogo não tem começo, não tem meio, não tem orgasmo, não tem fim…mais um daqueles games feitos pela metade que mais parecem softwares de teste do que jogos propriamente ditos.

Uma pena também que as posições só se limitam a um papai-e-mamãe de terca-feira de noite pós-Casseta & Planeta! Será que faltou KY memória RAM? Assim como o escopo deste jogo e a sexualidade do Bill Gates, tratam-se de mistérios dos quais nunca saberemos a resposta!

Preliminar 4 (arrancando a roupa e APRESENTANDO AS ARMAS!!!)- Gals Panic (Kaneko, softhouse japonesa que encheu o rabo de saquê e terminou nos AAA- arcades e consoles japoneses obscuros! Diferentemente do Atari, aqui as minas não são quadradas, embora também não tenham muitas curvas. Sabe como são as japas, né…)

E enfim chegamos ao Oriente, terra do sashimi de bacalhau, da cerimônia do chá com pentelhos e das máquinas vendedoras de calcinha usadas! Pode acreditar, meu caro frequentador do fliperama, que o Sharivan jogava esse game a valer nos emuladores avançadíssimos de sua nave que virava robô gigante, mas a Record cortou as cenas e só deixou a parte chorosa do seriado.

Usando a engine do game Qix (a mesma que será usada por Fantasia e similares), de recortar espaços num retângulo e assim ir abrindo espaço e desviando os inimigos, você deve recortar e revelar a imagem dum monte de japinhas safadinhas raptadas nas bibocas da Liberdade, desviando de inimigos e seres bizarros que pipocam pela tela como cobrinhas, aliens, discos voadores, insetos e outros. Para isso, você deve ter muita noção de agilidade e coordenação motora, do contrário você acabará gozando no seu Dreamcast você acabará perdendo seus preciosos Continues.

Porém, cada moçoila tem várias fases: ela começa como uma ilustração em mangá que vai tirando a roupa, e só os mais hábeis punheteiros jogadores conseguiram vencer a etapa final e então ver uma foto real da moça nua e crua e mostrando a pentelheira.

E tem mais: sabe aquela barra ali no topo do retângulo? Pois bem, se você cometer erros ao longo do jogo (como demorar para jogar ou recortar os elementos estranhos no meio da foto), ela vai diminuir e, chegando no ponto mais baixo, a foto da mocinha mudará para a foto dum monstrengo de Tokusatsu e lá vai você levar a fama de tarado doido no fliperama! Por isso, muito cuidado: cuspa na pontinha vá com jeitinho que a moça libera o tempurá que a menina se desnudará à sua frente. E você ganhará o troféu de COMEDOR DO FLIPERAMA DO ZÉ DOIDO!

Preliminar 5 (morde, lambe, chupa, esfrega, belisca, grita, lembuza, ah, aaahhh, aaaaahhhh!)- Fantasia (Comad, uma produtora que, bem…o nome é autoexplicativo- exclusivo para arcades de boteco, que fazem a alegria dos véios beudos!!!)

Manja a engine ali do Gals Panic? Anos depois, (uns catorze, a idade da punhetagem non-stop), resolveram fazer um negócio mais explícito e com minas de todas as partes do mundo: tinha umas russas, umas escandinavas, morenas, latinas, neguinhas…ou seja, os japans pensaram “vamos dar um upgrade nas nossas bronhas ideias” e o resultado tá aí: UM DOS MELHORES GAMES JAPONESES DA HISTÓRIA! Tomou, Hideo Kojima? Aprende, Miyamoto!

Mais uma vez, você terá que recortar fotos e desviar de insetos, larvas, besouros e outros bichos, tomando o cuidado para que a princesinha peladona não se transforme numa bruxa e fique com a cara do Pinhead ou do Freddy Kruger. Mas agora você poderá escolher entre um lendário personagem comedor, embora não faça muita diferença: opte pelo Exterminador do Futuro (!!), Rocky Balboa (CACILDIS!), Gomez da Família Addams (metendo chifre na Morticia), Robocop (Gay???), Michael Jackson (em fase NÊGA e pronto pra recortar a foto da Miley Cyrus!), dentre outros. Depois, escolha a mina pela cara e comece a pentelhagem.

O bom desse game é que não tem censura ALGUMA: a imagem vai surgindo na tela e você vai vendo com esses olhos que a terra há de acasalar comer todas as vergonhas da moça: ora é a buceta sensualidade em estado bruto que aparece, em outras a moça não esconde nem o fedegoso a sua ousadia. Não é à toa que Fantasia é o maior clássico dos arcades de puteiro que já existiu, graças aos nossos amigos importabandistas das terrinhas asiáticas.

E porque será que não lançam uma versão remasterizada na Live e na PSN, pra nóis platinar? Mistério…

Menção Difatamosa 1 (ejaculação precoce)- Divine Sealing, crássico do Mega Drive, do qual até hoje nenhuma softhouse reclamou a paternidade!!!

Uau, um jogo hentai no Mega Drive, proibidão mesmo, sem licenciamento, com cenas de muita coisa feia (bom, nós aqui no flíper não compartilhamos da mesma opinião! Democracia é tudo!) e uma jogabilidade EXCELENTE de jogo de DOS feito nas coxas. SANTA SACANAGEM, BÁTIMA!

E bota sacanagem mesmo, mas, no caso, quem leva no fiofó quem se dá mal é o jogador. Divine Sealing é um shooter à la Raiden Densetsu e Sonig Wings, com scroll vertical e chuvas de tiros querendo derrubar sua navinha. Com cenários FINAMENTE construídos, uma decoração tão de bom gosto que só faltou o abajur cor de carne mijada. Um jogo onde tudo dá certo, melhor que o Street Fighter de rodoviária.

Mas daí, depois de estar mais fodido que puta em Dia do Soldado mais derrotado que time paranaense em final de Copa do Brasil, vencendo um chefão dificílimo com comandos que nunca saem e bugs imprevistos, entre as fases do jogo (TODAS IGUAIS!) aparecem alguns colírios…DE VINAGRE COM SAL! Divine Sealing é isso aí: vencá os desafios do shmup e ganhe animações (na verdade, ilustrações estáticas) como essa daí de cima, pra acalmar a sua mão peluda. Lindas mocinhas seminuas, com roupas espalhafatosas ou nenhuma roupa, com cabelos cinza, azuis, vermelhos, verdes e nenhum cabelo lá no Sul, com poses vagabas insinuantes de pacientes de hospício depois de tomar Prozac com Biotônico Fontoura!!!

As mocinhas desavergonhadas belas entre os estágios de Divine Sealing até que rendem um bom caldo de bacalhau com sardinha, mas o duro é passar pelas fases. Que são um verdadeiro pé no saco de tão malfeitas. A solução é procurar o gameplay de algum trouxa no YouTube e curtir o jogo do outro sem fazer esforço!

Menção Difamatosa 2 (QUEQUEÉISSOQUECHEIROÉESSE, PELAMORDEDEUSCRENDEUSPADRE??!)- Miss Mister World ’96 Nude (mais uma da Comad!!! Não, nãããããooooo)

Não encontramos vídeo para mais esse plágio do Qix, por motivos óbvios (veja foto ao lado). Bem, antes de tudo, vamos contar um conto erótico uma pequena história.

Fantasia, evidentemente, por todo o seu potencial punhetístico valor artístico, gerou uma série de imitações e/ou duplicatas: teve o Fantasia 2, New Fantasia, Fantasia ’95, etc. No meio do caminho, resolveram lançar um título chamado Miss Mister World ’96 Nude. A proposta, lógico, era apresentar mais uma série incrível de bucetinhas modelos de capa de revista, com a tarraqueta de fora em ensaios de nu artístico. Minas de todas as partes do mundo, mas…o que é esse Mister aí do título??!

Leitoras do FZD, por favor, avaliem por si mesmas a situação. Lançaram então uma variante de Fantasia não apenas com as raparigas peladas, mas também com cacetes, pirocas, pintos, paus, linguiças, girombas, manjudas, cazzos, bráulios homens nus! NÃO, NÃO, NÃÃÃÃOOOO, PELO AMOR DE SEPHIROTH, NÃO!!! Pois bem, foi o que aconteceu! Nem tudo no mundo dos games são flores.

Em tempo: existe uma versão chamada apenas Miss World ’96 Nude, essa mais decente e pudica. Mas, a quem agradar, que avaliem essa última Menção Difamatosa, afinal, o FZD é democrático e não tem nada a ver com a opção de cada um…

Terminando mais um post da camisinha furada e dando seus últimos pingos de corrimento, o FZD já ia se esquecendo: este post é proibido para menores de 18 anos! Só pra avisar, viu!

Anúncios
Esse post foi publicado em arcades, bobagens, clássicos, diversos, fliperama, jogos desconhecidos, lendas, listas, shoot'em up e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para FZD Apresenta: 7 games “ótimos” pra aproveitar um Dia dos Namoradores Forever Alone

  1. Dom, Barão de Taubaté disse:

    Genial! kakaka… vamos fazer um Fantasia Brasilis com as minas da RP da PUCCAMP =P

  2. Futebol Ao Vivo disse:

    kkkk, muito bom o post, caraca, você é muito louco. kkkkk parabéns pela criatividade, fantástico! 🙂

    • zemarcelo disse:

      Valeu, cumpádi futebolístico! Visite-nos sempre e nunca deixe de curtir o seu International Superstar Soccer! Só não jogue o Megaman Soccer, hein? Valeu, abraços!

  3. ET disse:

    Olá, Marcelo.

    Acho que você não deve ter visto um arcade melhor que todos esses do artigo: Lady Killer. Aliás, talvez esse mereça um post exclusivo.

    • zemarcelo disse:

      Lady Killer? Cacildis, eu não conheço esse arcade não, nem nunca ouvir falar. Valeu pela dica, meu cumpádi vindo do espaço sideral, que vou procurá-lo pelas quebradas do mundo internético e preparar um post especial. Valeu e volte sempre ao nosso humilde barraco!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s