Brasílias & Calangos, ops Cadillacs & Dinosaurs!

Chegou aquele post que era o mais aguardado de onze entre dez gamemaníacos que frequentam a enfumaçada zona do Fliperama do Zé Doido! Um arcade esquecido no exterior e eternamente lembrado aqui nas nossas terras brasilis de muito fliperama contrabandeado e jogo falseta! Acertou no fiofó do velociraptor quem falou naquele grande beat’em up que misturava Cadillacs e dinossauros chamado…CADILLACS & DINOSAURS! Mas cuidado: esse pacato dino verde pode ficar vermelho e aí, parceiro…AÍ A VACA VAI PRO BREJO!

Lançado pela nossa querida Capcom nos idos de 1992, auge dos bons beat’em ups pra arcades, e com o suporte da saudosa placa CPS1, a mesma utilizada em Street Fighter II & diversos clones, na esteira do sucesso de Final Fight, Fuscas & Lagartixas, ops, digo, Cadillacs & Dinosaurs tinha uma fórmula simples e direta, com uma engine claramente melhorada em relação ao game dos cumpádis Haggar, Cody e Guy: porrada generalizada, fases em profusão, inimigos invocados, gordões que atropelam, chefões saltitantes à la Rolento, o chefão nojento, e muitas, mas MUITAS mesmo, armas escondidas em caixotes e barris.

Comparado a Final Fight, Chevettes & Salamandras, perdão, Cadillacs & Dinosaurs era bem mais rápido, frenético, com chefões mais balanceados (leia-se: mais trapalhões e mais fáceis pros noob matarem!) e, claro, com muito mais VIOLÊNCIA! Sangue, explosões, tripas voando (como quando você matava o inimigo com o lança-granadas) e dinos avermelhados depois de comer muita pimenta pra estriparem o seu personagem e os bonecos inimigos. Sem contar o mundo detonado em estilo Mad Max e os chefões mutantes, e pronto, temos um cenário mais bizarro lisérgico imprevisível do que as quebrada da perifa de Metro City.

É com prazer que o FZD apresenta uma de suas máquinas mais antigas, aquela lá do lado do Golden Axe, QUE NÃO É JOGO DO HE-MAN PORRA NENHUMA, CARAIO, QUANTAS VEZES VOU TER QUE FALAR, SACRIPANTAS!, que já está até engolindo fichas e com a telona roxa de tão gasta. E vamos lá numa viagem muito louca com muitos dinossauros e Cadillacs, não necessariamente nessa mesma ordem.

E VAMOS LÁ QUE VAI COMEÇAR A BAIXARIA!

O retorno dos dinos!

Baseado na HQ Xenozoic Tales (confira lá nas Curiosidades Curiosas), pois é claro que ninguém na Capcom teria a bela ideia de misturar Corceis com Camalões, digo, Cadillacs com dinossauros, eis que estamos no belíssimo ano de 2513. Até lá, o mundo virou uma bagunça geral: os Estados Unidos estão falidos e devendo até as cuecas do Obama pra China, a Rússia sedia uma Copa do Mundo, o Brasil perde a final pra Argentina, o Paraguai se torna a maior potência global, é declarada a independência do Acre, a França proíbe o Playstation em seu território nacional, João Kléber ganha o Nobel de Literatura, José Luiz Datena é eleito presidente do Brasil e secretário-geral da ONU…enfim, com uma tragédia dessas, é lógico que ia acontecer uma catástrofe ecológica. Cataclismas terríveis destroem o mundo, derretem as calotas polares e obrigam a humanidade a se refugiar nos subterrâneos…pensou ia escapar incólume de zoar do discurso sustentável dos verdes, sem votar na Marina Silva e sem torrar sua grana e suas camisinhas no SWU, e que o planeta Terra ia escapar inteiro? POBRE MORTAL…

E eis que, depois de longos 600 anos, os humanos voltam pra superfície e, dentre as ruínas de seu mundo, com aquele jeitão de Enslaved, eles reencontram os dinossauros vivinhos da silva, ressuscitados depois de séculos! Praticamente um Jurassic Park de graça! Essa horda muito louca de dinos, liderados por Susana Vieira e Palmirinha Onofre, vão aprontar as maiores confusões! Especialmente quando estiverem vermelhos!

E, nesse meio de campo embolado, surge a famosa turma de punks, parentes da gangue Mad Gear, com os famigerados gordões atropeladores! Liderados pelo Dr. Fessenden, um forever alone jogador de Tibia, eles querem capturar os dinos para fazerem experiências e criarem uma raça híbrida de répteis com humanos. Vije, agora imaginem como seria bonito o cruzamento entre essas duas raças…Mônica Mattos fez história…

E eis que surgem os heróis, é claro! Escolhe entre o mecânico sujo de graxa Jack Tenrec (o de camisa azul, mais equilibrado entre os selecionáveis. Leia-se: o lutador mezzo mozarela, mezzo calabresa, eterno Dhalsim do game!), a dilicinha Hannah Dundee (que vive ouvindo “Ê, lá em casa!”do Jack, que, é craro, ninguém no fliperama vai escolher pra jogar), o engenheiro Mustapha Cairo (o preferido do pessoal por causa da giratória apelona) e o grandalhão e balofo Mess O’Bradovich, o Haggar da corrumaça. E sobram chutes, socos, voadores, porretadas com canos, tiros e granadas, muitas granadas, nesse belíssimo game cheio de Mavecos e Iguanas, ops, de Cadillacs & Dinosaurs.

NÃO É A MAMÃE!!!!

E assim começa a aventura! Mal você selecionou o seu brigão e aparece um mapa de Nova York (ou do que sobrou dela!) cheia de facínoras e dinos avermelhados procê descer a sarrafada! Com a ajuda de muitas facas, pedaços de pau, canos, metralhadoras, espingardas, o sensacional lança-granadas (que você pega após aceitar um Continue), revólveres, estilingues, o escambau…e GRANADAS! Tem tanta granada nesse jogo que dá até vergonha! Parece até que uma fábrica das dita-cujas patrocinou a Capcom, porque sempre tem um monte delas pelas fases e nas telas dos chefões. Pra recarregar energia, a oferta de comidas é de primeira: tem hambúrguer, frango assado, prato de salada, bandeja de comida, sorvete, doce, barra de chocolate…e olha que estamos num apocalíptico ano de 2513! De fome esses briguentos não morrem!

Aliás, a abundância de granadas até que acaba ajudando, porque os inimigos aqui são mais apelões do que no Final Fight! Além dos punks, motoqueiros e gorduchos de plantão, temos ainda os jagunços de espingarda com poncho mexicano, uns mauricinhos atiradores de faca, clones do chefão da primeira fase (sacumé, né, a família Andore é graaaaaaande!), uns grandalhoes vestidos como cavaleiros medievais que atiram maças de espinhos (CACILDIS!) e até uns monstrengos verdes parecidos com o Blanka (JISUISCRISTIM!). Sem contar os dinos verdes que emputecem e ficam mais vermelho que ginasta finlandesa de topless nas praias de Ubatuba!

Aliás, os dinos são um caso à parte! Nunca deixe os inimigos baterem nos bichanos, porque senão eles gozam eles se irritam e aí o troço vira carnificina mesmo!

Atravesse então todas as regiões detonadas do game, começando na cidade (num prédio depredado e ocupado, que nem aqueles de São Paulo!), passe pela floresta e pelo pântano, depois dê um rolê de Belina véia peidorreira queimando óleo, digo, de Cadillac possante, pelo deserto (e atropele sem dó o chefão motoboy cheio das granadas!), vá para a oficina mecânica do mano Jack (cheia de carcaças de Kombi e de calendários de mulé pelada!), ajude uma aldeia na selva que está sendo incendiada pelos vilões (e bata nos cabocro com as tochas em chamas!) e contemple, abestalhado, que você completou todo o mapa e só falta mais uma fase, em outra floresta, agora com chuva! Estou chegando ao final do jogo com apenas uma ficha e nem percebi, vou zerar essa bagaça? UAU, EU ESCUTEI A AGU…Epa, mas que que é isso? Duas fases extras apareceram no mapa, CUMÉQUEPODE? Sim, caro gamemaníaco: depois de suar que nem um descarado por todo o mapa, você ainda terá que invadir (e detonar!) a fortaleza dos vilões e ainda o laboratório do doidão do Dr. Fessenden! E com chefões apelativos que fazem o Dr. Robotnick desistir de matar o Sonic e abrir lojinha de robôs no Sta. Ifigênia!

Aliás, os chefões de Caravans & Teiús, digo, Cadillacs & Dinosaurs, são um caso à parte! Na fase da floresta tem o açougueiro (Butcher) com suas faconas de destrinchar cupim pulando mais que pipoca na manteiga, no quinto estágio tem o jagunço Morgan que se transforma num dinossaurão mutante, na sexta fase tem o terrível Tyrog, uma cabeça mutante que gruda nos inimigos normais e os transforma em monstrengos coloridos e também o lendário chefão THE FLASH (Slice), da quarta fase, um assassino com facas e versado na arte dos alec fulls, com doutorado em fiadaputice gamer, que com certeza te roubará um montão de fichas e te tornará o motivo de zoação do mês! Confere aí o apelão:

Pra piorar, no penúltimo estágio você tem que enfrentar três deles, ao mesmo tempo, todos mutantes e com cara de quem esqueceu de tomar Dramin e está verde de enjoo! Sacanagem pouca é bobagem! E tem ainda o tremendão Dr. Fessenden metamorfoseado num tiranossauro de 2 cabeças, de arrepiar os cabelos da Sindel! Dona Capcom realmente caprichou nesse beat’em up.

Comodoros & dragões-de-Komodo, digo, Cadillacs & Dinosaurs é, incontestavelmente, um dos campeões de pirataria no MAME e nos fliperamas de esquina. Numa década dominada por infames representantes da vergonha paleozoica, como Jurassic Park, Carnossauro, Denver o Dinossauro Camarada, Yoshi do filme do Mario, Babyssauro (NÃO É A MAMÃE!) e Alborghetti, essa ótima associação entre dinossauros e carros de bacana não decepcionou! O que decepcionou foi só que a Dona Capcom nunca adaptou esse jogo para nenhum sistema (nem pra celulares e nem nas coletâneas do Negão e do Xisboca e até do PS2!). PSN, Live, Virtual Console? Necas de pitibiriba! Parece até que a casa do Captain Commando se esqueceu por completo da existência dessa pérola! Bonito, hein? Depois de cagar no Devil May Cry, ainda ignora que esse game algum dia existiu! TIGER ROBOCOP no meio dos bagos!

Resumindo antes que o tiranossauro verdão acorde!

Dá saudade dum beat’em up como Variants & Tritões, quer dizer, Cadillacs & Dinosaurs! Também não é pra menos: com personagens carismáticos (os quatro lutadores todos têm características próprias e maneiras específicas de lutar!), vozes digitalizadas engraçadas (FIIIINE UUUUUUPERCUUUUT!), muitas armas e porradaria e inimigos completamente viajados! Além duma jogabilidade viciante, era ainda um beat’em up dos mais imprevisíveis já vistos, bizarro que nem ele só Violent Storm e Battle Circuit! Sem contar os vários easter eggs do Street Fighter inseridos a qualquer momento!

O foda é que possivelmente devidos a direitos autorais que a Capcom não pode mais reeditar esse clássico. Também pudera: depois do horrendo Cadillacs & Dinosaurs do Sega CD (nada a ver com esse jogo! É só um point-and-click nojentão contando a história dos quadrinhos!), não é de se estranhar que a história de Jack e da paleontóloga Hannah nunca mais tenha frequentado os games. Mas também tivemos um desenho marromeno que pintou em telas tupiniquins e que volta e meia é reprisado na TV a cabo.

Mas não tem problema! Baixe o seu emulador MAME ou vá no flíper da esquina gastar umas fichas com esse crássico absoluto! E não dê comida ao triceratops!

Curiosidades Curiosas:

– a HQ Xenozoic Tales, da qual deriva esse jogo, foi escrita e desenhada por Mark Schulz e editada primeiramente na Kitchen Sink Press e e depois na Marvel Comics. A história? Bem, nada de muito diferente do arcade, com Jack chefiando os mocinhos e lutando contra os punks da gangue de Walther e o Dr. Fessenden. Nos quadrinhos, a falta de gasolina nos Cadillacs era compensada por um combustível muito peculiar: GUANO DE DINOSSAUROS! Enfim, um uso pras fraldas sujas do Baby, destruindo a camada de ozônio em grande estilo!

– em 1994, uma pequena empresa chamada Rocket Science Games, na esteira do sucesso do desenho, resolveu lançar um adventure pro Sega CD, ao estilo de Monkey Island e Myst. O resultado? O maior sucesso desde o programa do Serginho Mallandro na Gazeta! Confiram aí embaixo a bagaça e fica a pergunta: Dona Capcom, como a senhora deixou que uma cagada dessas sujasse a louça viesse a lume, hein?

– Bugs bizarros: por um motivo desconhecido, algumas placas vindas de cantos misteriosos da Ásia apresentavam um problema grave no som, no qual as vozes dos lutadores ficavam se repetindo sem parar, cobrindo as BGs. Nos chefes, entrava sempre uma mesma música, que ficava saltando entre os efeitos sonoros. Ótima edição de áudio dos piratas coreanos, melhor que ela só a versão brasileira do Gogle Five.

– Outro glitch era a voadora do Mustapha: ela arrancava praticamente METADE E MAIS UM POUCO da energia do inimigo. UAU! Agora sim podemos dizer que ouvimos a agulha caindo do outro lado da sala!

– Easter Eggs: as referências a Street Fighter pipocam a todo momento. Tem o monstro chupacabra que parece o Blanka, os atiradores de faca com cabelo do Guile, as facas do Slice/The Flash com jeitão de alec full e o golpe especial do Mess, uma giratória de Zangief com febre amarela!

– Temos ainda o desenho animado, que passou no Brasil na HBO Family e também na Band, dentro do bloco Band Kids, no início do ano 2000. Não lembra dessa “áurea” fase do Band Kids, em horário decente, com animes bons, com a sensacional KIRA, a japa de zóio verde e de peitos de gelatina? Azar o seu, internauta! Vez ou outra ainda é reprisado. O desenho do Cadillacs e não a Kira e seus sushis em chamas, infelizmente!

Mas Dona Capcom, sinceramente…crie vergonha na cara, pare de cagar no Devil May Cry e adapte-nos o Cadillacs para o século XXI, por favor! Será que não tem nem como colocar os quatro brigões no próximo Marvel vs Capcom, hein?

Anúncios
Esse post foi publicado em arcades, Capcom, clássicos, enredos, fases, fliperama, lendas, resenhas e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Brasílias & Calangos, ops Cadillacs & Dinosaurs!

  1. VRFranco disse:

    Eu só tenho uma coisa pra falar: 3 “the flashes” bumerangues lazarentosss! hauhauhaha

    • zemarcelo disse:

      E o veinho da fase da vila pegando fogo, aquele doido que pulava a tela inteira tacando pedra, pra depois vira um chupacabra??? Aquilo sim era apelação!

      Bons tempos do fliperama do finado Cupim e do fliperama do Zé(que não é o Doido) lá em Poloni/SP!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s