Os 10 vilões que não desistem nunca!

Andaram rolando uns boatos aí de que o nosso querido fliperama estaria fechando, falindo por causa da crise econômica e da matança de ursos panda, censurado em nome da moral e dos bons costumes e que isso era indício de que o fim do mundo estava próximo! TUDO PAIA! Eis que o FZD está novamente de portas abertas para todos os seus queridos fregueses desocupados, para batermos aquele papinho erudito e cultural de sempre, com direito a muitas agulhas caindo do outro lado da sala! E, pra provar que este humilde blogueiro não desistiu de sua birosca, um post especial sobre os vilões gamísticos que nunca desistem de levar umas fubecadas dos heróis de conquistar o mundo e deflorar as princesas donzelas do mundo eletrônico!

Sabe aquele jogo que tem sempre o mesmo último chefão? O mesmo cabocro, que sempre volta dos mortos querendo vingança, com planos cada vez mais cagados mirabolantes? E que, invariavelmente, sempre acaba pisando no tomate? Que sempre dá um jeito de fugir na instante final da última fase só pra compensar a falta de criatividade dos produtores? Pois bem, o post de hoje é dedicado a esse vilões insistentes, que são brasileiros e não desistem nunca, mesmo que já tenham sido estropiados, espancados, derrubados em lagos de lava, explodidos, mandados pro espaço, exorcizados e arrebentados ao meio por um choriúken de fogo atômico.

Então, em homenagem a todos os malfeitores masoquistas, sofredores e teimosos desse Brasil varonil, e reabrindo as portas de nosso estabelecimento:

VAMOS LÁ QUE VAI COMEÇAR A BAIXARIA A TEIMOSIA!

10. Abobo (Double Dragon)

Quem é o cabocro?: um figura mal-encarado, marombeiro, rato de academia, corintiano, maloqueiro, sofredor e forte como um touro desnutrido! Atonto, digo, Abobo é tão malvado, mas tão malvado, que é capaz de roubar doce duma criança e ainda contar pra ela que Papai Noel não existe e de que o Coelhinho da Páscoa é ateu! Um dos briguentos da cruel gangue Black Warriors, uma facção criminosa que domina a Nova York dum futuro apocalíptico e é mais perigosa que o PCC em dia de ressaca, Aburro, digo, Abobo é o eterno primeiro chefão dos beat’em ups da saudosa série Double Dragon. O que significa dizer que é o primeiro dos maloqueiros a tomar uns sopapos e a fugir com o rabo entre as pernas!

Avaliação FZD: a gente até fica com dó do Aidiota, digo, Abobo! Pô, meu, que dureza ser sempre o primeiro dos bandidos a apanhar nas mãos dos mocinhos! E Amongo, ops, Abobo é o eterno boi de piranha dos vilões que enfrentam os irmãos Jimmy e Billy Lee: ele é o primeiro chefão de Double Dragon I e II, é o boss inaugural do foderengo Battletoads vs Double Dragon (lutando no espaço em cima duma nave espacial inclusive), ele está presente no filme (um cruzamento de mutante doidão com Sloth dos Goonies!), no desenho animado (aquela tranqueira que passava na Globo e que você com certeza assistiu em alguma madrugada após o corujão), no Double Dragon 5 (que é de luta estilo Street Fighter, ou seja, pra levar mais porrada) e até no Double Dragon pra Neo Geo (aquele outro de luta, pra fliperamas, ou seja, pra levar ainda mais porrada com direito a combo de 99 hits com barra de especial cheia!). No mínimo, nosso mui estimado Amané, digo, Abobo estará no novo Double Dragon pra PSN e pra Live, pra tomar mais uns chutes no saco e umas pauladas nas costas! CAI FORA, MACAUBAL! Isso é que é gostar de apanhar, hein? Pelo menos livraram nosso pobre Aretardado, opa, Abobo do Double III e do Super Double Dragon do SNES!

O que esperar do futuro?: e não é que nosso eterno primeiro chefe encontrou enfim seu lugar ao sol quadrado? Lançado na Internet pra PCs e feito em Flash, Abobo’s Big Adventure é a chance de nosso querido Ababaca, digo, Abobo limpar a sua honra e encher os sprites serrilhados de 8 bits de porrada. Já não era sem tempo, hein? E bem que o senhor poderia mudar esse seu nome lindíssimo pra José, João, Antônio ou Sebastião, né, cumpádi? Pega melhor no mundo dos games!

9. Diablo (Diablo)

Quem é o cabocro?: quem mais você acha que seria com um par de chifres, um rabo pontudo, um tridente e um futum de enxofre? O Chapolim Colorado? O Zé do Caixão depois de tomar muito sol em Ubatuba? O Sephiroth vestido pra desfilar no bloco das Franguinhas Descontroladas da Estação Primeira de Midgar? O Reinaldo Azevedo? Que nada! Esse aqui é o Cramulhão, o Capeta, o Coisa Ruim, o Sujismundo, o Satanzão, o Belzebu, aka Lúcifer (não o dos Cybercops!). Faça como os poetas Cezar & Paulinho e comece a cantarolar antes de botar o CD no computador: “se o capeta aparecer, nóis reza uma ave-maria…”

Avaliação FZD: tremendão como ele só, Diablo não somente é um dungeon crawler pra cabra macho que cospe no chão, coça o saco em pública e mandar o juiz tomar no cu no meio do jogo: é também o jogo que tem um dos vilões mais *alerta de piada sem graça* ENDIABRADOS do mundo! No caso, o próprio Diabo! E não tem água benta nem exorcista que dê jeito: no primeiro game, além de abrir um portal pros Infernos nas catacumbas duma igreja, você tinha de pegar o cara no braço e impedir que ele devastasse a vila de Tristram. Já no segundo título, Tristram já tinha ido pro saco e Diablo possuiu o corpo do herói que você controlava no primeiro game, tocando o maior puteiro no Mundo do Santuário (Sanctuary, no original). E agora no Diablo III, cumé que vai ser, Tio Zé? Espere por mais tripas voando, gárgulas sedentas de sangue, esqueletos assassinos, zumbis venenosos e virgens defloradas, sob o comando do Cramulhão ainda mais forte. Fala sério, esse tal de Diablo tá usando Gameshark, isso sim!

O que esperar do futuro?: bom, Diablo III tá aí e, por causa das poucas economias do nosso modesto fliperama, estamos aceitando doações de discos do Diablo III para rodar em nosso pobre computador de motor 1000 a álcool! Contamos com a solidariedade de todos os nossos cafumangos! Quanto ao futuro, bem…Diablo continua por aí, firme e forte, massacrando heróis em masmorras pelo mundo afora, desafiando os mouses mais destemidos a enfrentá-lo! Cuidado, hein, caros leitores, tome cuidado pra não sair vomitando sopa de ervilha na cara dos outros por aí!

8. Tanzra (ActRaiser)

Quem é o cabocro?: um primo pobre, desconhecido e japa do Diablo daí de cima,  Tanzra (nomezinho complicado, né?) outro cramulhão sujo, feio, malvado e fedido que quer abrir os portais do Inferno e dominar o mundo, sem esquecer, é claro, de tocar aquele puteiro cheio de monstros, plantas carnívoras e badukens chovendo do céu! Porém, pra derrotar esse bicho, depois que ele praticamente acabou com o mundo, um deus protetor de asas de anjo desce de seu Palácio Voador, vai até o mundo destruído e, depois de matar os demônios, começa a reconstruí-lo e, com as rezas bravas de seus devotos e uma macumbinha de vez em sempre, vai pegar o Tanzra no braço e na espada! ALELUIA! ALELUIA! E assim nasce uma igreja…

O Silas Malafaia deve ter platinado e o Valdemiro Santiago deve ter feito 100% dos achievements, enquanto que o Edir Macedo deve tá chorando que nem um noobão de meia pataca!

Avaliação FZD: ActRaiser é um daqueles bons games que a Enix fez antes de abrir as pernas se fundir com a Square, aqueles jogos de pegada cult com elementos de RPG e de anime que sempre sobravam nas locadoras no sabadão de tarde! Rendeu uma sequência tão boa quanto o primeiro pro Super Nintendo (e Tanzra é de novo o último chefão! Cacilda! Esses deuses e essa mania de ficar ressuscitando…depois leva pau do Kratos e não sabe por quê) e foi traduzido e portado pro Ocidente sem a ajuda de nossos amigos de tapa-olho e perna de pau! Mas, enfim, que moleque ia querer jogar um RPG de ação com pinta de Sim City e toques de estratégia enquanto o Super NES vivia abarrotado de games de carrinho e futebol? Além do quê, alguém consegue pronunciar o nome do Tanzra? Quem conseguir ganha uma cueca autografado do Zé Doido! Por essas e outras é que nosso querido TanTan é o vilão mais desconhecido dessa lista!

7. Shao Kahn (Mortal Kombat)

Quem é o cabocro?: imperador do Outworld (uma das dimensões do universo de MK), maridão pulador de cerca da Sindel, padrasto da Kitana, paizão coruja da Mileena, patrão do Shang Tsung, compadre do Quan-Chi e eterno chefão final do Mortal Kombat (até do novo pra PS3!), nosso fanfarrão Shao Kahn também é comediante e participava esporadicamente da Praça É Nossa (antes de levar um fatality do Raiden sem dó nem lubrificante), fazendo o papel da ilustríssima Vera Verão, embora seja um boss pesado, lento, arrogante, falastrão e NOOB! EPA, EPA! NOOB NÃO, ME RESPEITE, MEU AMOR! EU SOU UM QUASE…BISON!

Avaliação FZD: além de ser o vilão mais malvestido da história dos games (se se vestisse bem estaria no KOF!), Shao Kahn também é mais difícil de matar que zumbi do Left 4 Dead! Duvida? Depois de MK 2 e 3, ele ainda foi aparecer em Mortal Kombat Unchained e Armageddon, no crossover Mortal Kombat vs DC Universe (e fundindo-se com o Darkseid pra virar o chupacabra Dark Kahn, pra arrepiar os pentelhos da Mulher-Maravilha!), e ainda retornou como último chefão do novo Mortal Kombat! O que uma mandinga do Quan-Chi não faz, hein? Aprende, Goro! Toma, Onaga! Ó o fumo, Shinnok! Um eterno preguiçoso, Kahn só fica assistindo as lutas sem seu trono e, quando entra pra brigar, mais fala do que bate! Esse merece um relâmpago do Raiden bem nos perendengues!

O que esperar do futuro?: com certeza, o imperador de Outworld vai dar um jeito de voltar nas novas sequências! Enquanto o Raiden não pagar a conta de luz e o Liu Kang não desencalhar, Shao Kahn vai continuar firme e forte pra levar ainda muito gancho nas ideias! E não adianta vir pedir ajuda pro Motaro não!

6. Heihachi Mishima (Tekken)

Quem é o cabocro?: campeão invicto do torneio King of Iron Fist, presidente da corporação falida e com o nome sujo no SPC Mishima Zaibatsu, chefão do exército casca-grossa Tekken Force (mais machudo que o Bope, o exército israelense, o Comando Vermelho e a família dos Ursinhos Carinhosos juntos e armados até os dentes! SANTA CORAGEM, BÁTIMA!),papai querido do Kazuya (tão amoroso que o lançou do alto dum precipício pra ver se o filhão fenfível saía ou não saía do armário!), vovô dedicado do Jin Kazama (treinou cuidadosamente o netinho pra ser o maior assassino do mundo), patrão do INTELEJUMENTÍSSIMO do Dr. Boscovitch! E ainda com o esquisito hábito de ter como bichos de estimação cangurus, pandas e ursos pardos geneticamente modificados! Com 80 anos nas costas e sem Viagra! Mais pintudo que o eterno chefão do Tekken só o seu pai, o foderengo Jinpachi Mishima! Perto deles, a família Gracie larga o tatame e abre uma galeria de arte moderna!

Avaliação FZD: Heihachi é a prova viva de que a terceira idade é a MELHOR IDADE! Além de tudo isso, o vovô ainda continua chutando muitas bundas quadradas, dando suas voadoras tortas e derrotando muito lutador bugado nos Tekken mundo afora! E ainda acha tempo pra administrar sua empresa e falir a G Corporation, com as contas no azul, mais lucrativa que o Banco Econômico, a Rede Manchete e o Fliperama do Zé Doido juntos! Por essas é outras é que podemos deduzir que a Xiaioyu já deixou de ser donzela faz tempo…

O que esperar do futuro?: Heihachi ainda está longe de entrar para o degradante mundo das clínicas de tratamento de disfunção erétil e da plateia do Programa Silvio Santos. É bem capaz que ainda saia candidato a senador pelo Piauí e a presidente da CBF.

5. Dracula (Castlevania)

Quem é o cabocro?: o senhor supremo dos vampiros, Conde Drácula da Transilvânia, vampiro doidão que só bebe sangue de menstruação e só faz sexo dentro do caixão, botando o Conde Vladimir Polanski do Ney Latorraca e o Edward do Crepúsculo no chinelo! Porém, como todo sanguessuga que se preze, nosso considerado Dracula tem lá seus pontos fracos: alho, água benta, machados, cruzes, bússolas que param o tempo, Bíblias voadoras que destroem toda a tela e um certo chicote de aço (não o da Tiazinha!). Pra variar, de tempos em tempos, seu castelo gigantesco e de salas geradas aleatoriamente (mas sem Minecraft!) aparece por aí, abalando o mercado imobiliário, fazendo novas ocupações irregulares e armando brigas com seus eternos vizinhos encrenqueiros, a família Belmont! E não basta matar todos os demônios, do Nintendinho ao PS3 o véio Dracula sempre inventa uma maneira de ressuscitar na última sala e levar mais um cacete dos filhos de Simon e Richter. Fala sério, só aqui pro Zézão, Seu Drácula: o senhor gosta mesmo é de apanhar, né?

Avaliação FZD: “mas de qual clã de vampiros o Dracula é, Tio Zé? Ele é um Nosferatu, o Gangrel, um Malkaviano, ou Toreador, ou ele é perseguido pela Camarilla?”. O PRIMEIRO QUE PERGUNTAR UM TRECO DESSES LEVA UM BADUKEN TRIPLO RADIOATIVO NO MEIO DAS VENTAS! Dracula é um vampirão da velha guarda, anterior aos vampiros chiques de RPG, pálido, feio, fedido e antissocial! Teimoso que nem uma mula, ele nem liga de ser um vilão chatonildo! Por isso é que o Dalton Trevisan deve ter platinado, mas não conta pra ninguém e nem sincroniza os troféus!

O que esperar do futuro?: Dracula vai voltar no próximo Castlevania! E sem gameshark!

4. K. Rool (Donkey Kong Country)

Quem é o cabocro?: o líder dos kremlins, jacarés mutantes que vivem assaltando a reserva de bananas da família Kong e tentando inutilmente depilar o sovaco da Dixie Kong, com toda sorte de monstros, insetos, balas de canhão, barris explosivos e engenhocas compradas em 10x sem juros nas Casas Bahia, facilmente derrotáveis ao se pisar em sua cabeça (como o Kaos, o chefão do DKC3). Agora, difícil dizer se K. Rool é um rei, um capitão pirata, um barão, um cientista ou um mafioso, porque em cada game da série ele tem uma profissão diferente! O maior dentre os vilões vítimas do desemprego no mundo dos jogos, K. Rool prova que não há nada mais trabalhoso do que viver sem trabalhar e logo estará por aí apregoando suas mercadorias: “chapéus, sapatos, ou roupa usada, quem tem?”.

Avaliação FZD: repassando as profissões do besta-fera crocodiliana: no primeiro Donkey Kong Country, ele era o pintoso rei dos kremlins, de coroa, manto, cetro e nariz empinado de Rainha Elizabeth (mas o que que um rei fazia num navio pirata? Vai saber…). Depois, em DKC2, K. Rool assumiu (ui!) e vestiu os trapos de capitão pirata (cuidado com a Lei Azeredo, hein??).Já no DKC3 ele vai pro seu chalé nas montanhas e vira um barão-cientista criador de armas e máquinas. O que falta pro arqui-inimigo de Donkey & companhia primata enfrentarem? MILSHAKE DE BANANA, OPS, SANGUE DE SHAO KAHN TEM PODER! A carteira de trabalho do fulano aí deve ser do tamanho da China!

O que esperar do futuro?: tudo depende do mimimi entre Nintendo e Rare! Traída, com muita dor de corno, bebendo caninha 51 no gargalo e escutando Wander Wildner no último volume, a Poderosa lamenta que sua queridinha esteja hoje nos braços fogosos do Bill Gates! O fliperama todo do Zé Doido canta em coro: “Garçom, aqui, nessa mesa de bar, você já cansou de escutar…”

3. Dr. Robotnick (Sonic the Hedgehog)

Quem é o cabocro?: Dr. Ivo Robotnick, um expert em robótica, cibernética, tecnologia, informática e quebra de senhas de sites pornôs pagos, que, após ter o doutorado jubilado, resolveu descontar nos pobres bichinhos da Colina Esmeralda & adjacências, transformando-os todos em ciborgues e capturando as lendárias sete Esmeraldas do Caos, primas distantes das Esferas do Dragão. O bigodudo CDF merece nosso terceiro lugar com honra, porque esse sim é um vilão cabra-macho, destruidor de florestas, matador de bichinhos e vegetarianos e, ainda por cima, o único vilão não-sustentável da nossa lista! Você que parou de usar o papel higiênico, toma banho frio e usa sacola ecológica deve estar verde de raiva com o rival do porco-espinho turbinado!

Avaliação FZD: o cara é solteirão, sozinho, cientista, constrói robôs nas horas vagas, vive recluso na sua casa cheia de traquitanas tecnológicas, detesta animaizinhos fofinhos e, de tanto assistir Dragonball & plágios similares, cismou que sete pedras místicas poderiam lhe conceber o desejo de perder o cabaço de dominar o mundo? O Dr. Robotnick é o nerd do futuro! Isso se nascer um bigode na cara dele…por isso, caros leitores do FZD, ainda há esperança em suas miseráveis vidas!

O que esperar do futuro?: Dr. Robotnick anda sumido, graças aos irregulares jogos do Sonic que tem saído, mas não importa que as Esmeraldas sejam roubadas, ou que ele seja sacaneado pelo boa-vida do Knuckles, ou que o porco-espinho que sofre de ejaculação precoce e sua companheira dançarina do funk dos seis rabos destruam seus mechas, seus tanques, carros e perfuradeiras, o doutor só vai parar no dia em que inventarem a roda quadrada!

2. Dr. Wily (Megaman)

Quem é o cabocro?: encabeçando as listas dos cientistas de doutorado jubilado e que terminaram dando aula na faculdade particular da esquina, o Dr. Wily era cientista amigo do Dr. Wright (ou Light, tudo depende da tradução malfeita da revista), que um dia teve a INCELENTE ideia de construir robôs para o mal. UAU, EU ESCUTEI A AGULHA CAINDO DO OUTRO LADO DA SALA! Puta ideia original, hein, Dr. Wily? Mas enquanto o Dr. Light (ou Wright, isso se o doutor fosse comentarista de futebol!) construiu o seu robô azulão cabra-macho de nervos (e outras partes!) de aço, o pitéuzim piriguete da Roll e o vira-lata brabo Rush, o Dr. Wily não teve sorte e criou o Protoman, que só quer saber de chorar quando luta com o maninho! Perto dele, o Shun de Andrômeda é o Charlie Sheen da Guerra Galática!

Avaliação FZD: o pior é que o Dr. Wily continuou persistindo com seus robôs cagados, em todo game da série tem uma turma nova: Eleck Man, Cut Man, Fire Man, Ice Man, Tomahawk Man, Pharaoh Man, Dust Man, Needle Man, He-Man, Changeman, Flashman, Superman, Macho Man, Michael Mann, Bananaman…enriquecendo o bolso gordo dos japas donos de fábrica de bonequinhos! Um time mais eclético que os reservas do Fluminense de Feira de Santana!

O que esperar do futuro?: mais oito robôs apelões procê detonar e roubar as armas, depois lutar contra todo mundo de novo (e com só uma barra de sanguinho!) e mais quatro fases contra as armadilhas do Dr. Wily, depois mais três engenhocas do véio louco! Isso se a Dona Capcom Fazemos Qualquer Negócio não estiver enrolada fazendo games com mil DLCs pra te esfaquear o pobre bolso!

1. Bowser (Super Mario Bros.)

Quem é o cabocro?: O feio, sujo, fedido, malvado e despótico Rei dos Koopas, uma raça de tartarugas mutantes e goombas (?!) de máscara de oxigênio que vive tentando invadir o reino dos Cogumelos alucinógenos para sequestrar e desvirginar a Princesa Peach e para infestar seus encanamentos verdes, azuis e amarelos de plantas carnívoras cuspiradoras de fogo, balas de canhão com cara de ranheta e bombas de brinquedo! UAU, mas você não precisa colocar ainda o seu Sonic 2000 para escutar objetos caindo em algum canto de sua casa, pois Bowser ainda chamou os 7 filhos para ajudar na peleja (Super Mario Bros. 3 e Super Mario World), provando que é um senhor esposo cumpridor dos deveres matrimoniais; se aventurou por dimensões paralelas (Super Mario 64), por ilhas tropicais (Super Mario Sunshine) e pelo espaço sideral (Super Mario Galaxy 1 & 2). Firme e forte, os irmãos Mario e Mario Verde tiveram que lutar contra o tartarugão até nos RPGs bizarros dos portáteis! Esse é o Bowser, CARA SÉRIO TÁ AÍ! Até o tremendão do Dennis Hopper interpretou o Rei dos Koopas, numa atuação completamente Sem Destino!

Avaliação FZD: fala sério? Desde 1986 que o rei dos Koopas tá azarando a vida do nosso herói trabaiadô! Só por isso já merece uma medalha de bons serviços prestados do nosso modesto fliperama. E ainda é um vilão que dá bons exemplos pra juventude, competindo nas mais variadas modalidades esportivas, como corridas de kart, tênis, futebol, golfe, beisebol, esportes de inverno, truco valendo o toba, cuspe a distância, porrinha, jogo do bicho, briga de galos…só mesmo no Super Mario 2 USA que ele perdeu lugar pro sapão do Wart, mas isso a gente releva! Aprende a ser um vilão decente com o Bowser, ô Wario invejoso!

O que esperar do futuro?: ninguém segura o Bowser! Depois do Bowser zumbi esquelético do New Super Mario Bros., já podemos esperar que ele rapte novamente a Princesa numa velocidade mais rápida do que aquela de ouvir uma agulha caindo do outro lado da sala!

É com orgulho que anunciamos aos nossos leitores e leitoras que o FZD continuará destruindo lares, pervertendo a juventude e ofendendo a família brasileira! Até a próximo post!

Anúncios
Esse post foi publicado em 16 bits, 32 bits, 8 bits, bobagens, clássicos, diversos, dossiê, lendas, listas, Mega Drive, Nintendo, Nintendo 64, personagens, SNES e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Os 10 vilões que não desistem nunca!

  1. Paulo Aquino disse:

    Olha, tá certo que há os compromissos do mundo real e tudo mais, mas tem que se dedicar algum tempo pro Fliperama do Zé Doido..
    Senão, como vão ficar os vagabundos e os matadores de aula?

    Eu, por exemplo, vou continuar freqüentando este antro de perdição.

    Só mais uma coisa, queria que você visse este vídeo,

    Tem nele uma mensagem especial que você vai gostar.

    • zemarcelo disse:

      UHUUUUUUU! VALEU, CUMPÁDI PAULÃO! Agora sim escutamos a agulha caindo do outro lado da sala! Pode deixar que continuaremos a cuidar do nosso modesto fliperama e da nossa freguesia fiel! Genial com jota maiúsculo!

      Esse vídeo me fez lembrar dos bons tempos que não voltam mais, quando o Cartoon Network, a Globo e a Bandeirantes não tinham vergonha na cara e passavam tardes e manhãs inteiras com as aventuras de Goku & Cia se estapeando, esmurrando, quebrando, soltando kamehameha e voando tripas e sangue pra fazer a alegria das crianças brasileiras! E isso em todos os mil capítulos da Saga Cell e nos milhões da Saga Boo (sim! Porque Dragonball true é o original e o Z, nunca curti o GT!)

      E bem que o PS3 podia ter um Dragonball de responsa que nem esse do Neguinho da Sony! Joguei um que, olha, nem São Snake do Quixeramobim salva…

      Valeu pela homenagem e vamo que vamo, que rapadura é doce mas também é salgada!

  2. Vou citar três vilões dos games que eu conheço.

    Akuma, o supremo mestre dos punhos, é o terror do universo de Street Fighter, tanto é que o M.Bison, o antagonista principal da série, não tem vez contra ele. Akuma odeia oponentes fracos e mataria qualquer um só pra provar que é o lutador mais forte do mundo. Ryu foi o único guerreiro que chegou muito perto de derrotá-lo.

    Rugal Bernstein é um homem tipicamente voltado para o mal: cruel, ganancioso e desejoso de poder absoluto, quer dominar todo o mundo, mesmo que para isso ele tenha que destruir os lutadores mais fortes do mundo. Rugal é o chefe final de pelo menos três games, The King Of Fighters ’94, The King Of Fighters ’98 e The King Of Fighter 2002. Em SNK VS. Capcom 2, Rugal na sua forma mais poderosa pode utilizar o Ashura Senkuu e o golpe mais mortífero de Akuma, o Shun Goku Satsu.

    Sigma é o antagonista principal do universo de Mega Man X. No passado era o comandante dos Maverick Hunters(Irregular Hunters, no japão), até que o confronto com Zero(que despertou como um robô insano e “psicótico”), alterou drasticamente sua personalidade, tornando-o um maverick insano e desejoso de querer controlar o mundo, destruindo humanos e reploids para isso. Zero, por outro lado, fora integrado aos Maverick Hunters, lutando ao lado de X para defender os humanos e reploids de todos os mavericks.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s